Você Celebra com seu Time?

Como líder sempre acreditei ser importante uma vez ao mês nos reunir com nossas equipes para falar das conquistas do período, e na minha experiência eu sempre usava essa pauta para falar das coisas boas, elencadas sob meu ponto de vista.

Com o tempo percebi que o time começou a perder o engajamento quando trazia o tema, e decidi avaliar uma nova forma de tratar o assunto, afinal, celebrar é importante. O Management 3.0 apresenta uma ferramenta fantástica para isso, chamada Celebration Grid, o objetivo dela é justamente celebrar todos os acontecimentos, desde Fracassos, Sucessos a Experimentos.

A ferramenta faz um cruzamento entre resultados (sucesso e falha) e comportamentos (erros, experimentos e práticas), conforme imagem a seguir:

Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem

O que mais me chamou atenção foi a ideia da dinâmica, que é o time responder a três perguntas:

⦿    Quais atividades foram sucesso?

⦿    Quais atividades foram fracassos?

⦿    O que faremos de diferente?

Para mim o grande diferencial da dinâmica é o incentivo para que as pessoas, em cima do que houve, pensem no que vamos fazer de diferente para evoluir. Afinal, a ferramenta fomenta que somente adquirimos aprendizado quando “experimentamos” ações diferentes.

Como líder colaborativa apresentei a ideia aos meus líderados diretos. Traçamos boas ideias dessa discussão e decidimos introduzi-la como pauta fixa das nossas reuniões de retrospectiva.

No primeiro encontro explicamos ao time como seria a dinâmica e deixamos rolar, as grandes surpresas foram:

1)     Todos colaboraram, e logo no primeiro encontro o quadro ficou cheio;

2)     Houve um reforço muito grande entre eles sobre atitudes positivas de alguns colegas do grupo;

3)     Todos estavam com o sentimento de realização;

Ao final um dos analistas fica com a missão de registrar em nosso backlog as atividades elencadas que saíram como experimentos para o próximo mês.

Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem

Minha conclusão sobre a ferramenta é que, sempre que optarmos por dinâmicas que façam a equipe construir e refletir sobre o que precisa ser feito para melhorar, fortalecemos a capacidade de identidade e owenrship das pessoas. Tudo se torna mais leve, e há um esforço maior de todos de lembrarem seus feitos no mês; mesmo que seja para falar de uma falha pois, é com esse tipo de comportamento que evoluímos, e não podemos ter medo de errar e sim medo de ficar estagnado; e comentar sobre erros em um grupo onde há segurança e estímulo a evolução e engajamento, se torna algo certo!

Que tal experimentar a celebração?

Gostou da solução? Nós podemos ajudar!

Conheça nossos conteúdos gratuitos, direcionados aos assuntos de sua preferência!

Enviar

Receba nosso conteúdo

Gostaria de receber de forma gratuita mais conteúdos sobre este ou outros assuntos? Preencha o formulário abaixo e receba nosso conteúdo gratuito!

Parabéns!

Você receberá nosso conteúdo em breve!

Atenção

Tivemos um problema com seu formulário, tente novamente.